cafetaria na foz
cafeteria by the ocean


FAUP. 2014 – 2015. Para a disciplina Projeto 1. Professor: Arquiteto Mário Mesquita. Projeto exposto na Anuária 2015. FAUP. For the unit Architectural Design Studio 1. 2014 – 2015. Supervising Professor: Arch. Mário Mesquita. Work exhibited in Anuária 2015. Concebida para coexistir com os afloramentos rochosos, na orla marítima da Foz do Porto, a cafetaria enfrenta a agressividade do Oceano Atlântico. Afastado da rua por intermédio da praia, o edifício é acedido pelo Forte de São Francisco Xavier através de um sistema de plataformas, terraços e escadas que dão forma a uma promenade performativa. Os espaços interiores e exteriores da cafetaria foram criados através do processo de subtração, escavando as rochas existentes. Com a maré cheia, o terraço inferior é submergido, interagindo com as relações de escala e proporção dos espaços interiores principais. Um elemento vertical marca o fim da promenade e indica o local da cafetaria, servindo também como farol, que tanto observa como é observado. Intended for Porto’s seashore cliffs, the cafeteria faces the harshness of the Atlantic Ocean. Distanced from the main road by the beach, the building is accessed from a nearby fortress (Forte de São Francisco Xavier) through a system of platforms, terraces and stairs which underlines a performative promenade, ending with a vertical element that anounces the place of the building. Through the process of subtraction the interior spaces were created by digging out the existent rocks. With the high tide the lower part of the exterior terraces are submerged, interacting with the proportion and scale of the cafeteria’s main inner spaces.






























casa para dois escritores
house for two writers


FAUP. 2014 – 2015. Para a disciplina Projeto 1. Professor: Arquiteto Mário Mesquita. Projeto exposto na Anuária 2015. Classificação: 18. FAUP. For the unit Architectural Design Studio 1. 2014 – 2015. Supervising Professor: Arch. Mário Mesquita. Grade 18 out of 20. Work exhibited in Anuária 2015. O terreno é um jardim murado no centro do Porto, com um denso bosque de árvores altas: o jardim da Casa Tait. O sentimento claro de que nada deveria interferir com a monumentalidade da vegetação e com a sua verticalidade tornou-se o principal tema de desenho. A casa naturalmente tomou a configuração de um talude na zona mais alta do terreno, no qual foram escavados dois pátios privados destinados aos escritores. A nova plataforma tornou-se uma segunda fronteira no terreno. De forma diferente, mas complementar, um alto volume envidraçado, correspondente aos espaços comuns, abre-se perante a canópia de árvores. A simplicidade do projeto pretende magnificar o forte carácter existente, criando um sentido de lugar. This site was unlike anything else.A walled-off property in the middle of the city with a dense forest of tall trees inside. A clear feeling that nothing should interfere with the monumentality of those trees and their verticality became a main design theme.The house naturally took the shape of a platform on the higher part of the site, on which two individual courtyards were placed for the writers.The platform became a second boundary in the plot. In a different but complementary way, the taller glazed volume of the common spaces, opens towards the canopy of trees.The simplicity of the design aims to magnify the strong character of the plot, i.e. create a sense of place.




































residência de estudantes
student hall of residence


FAUP. 2015 – 2016. Para a disciplina Projeto 2. Professor: Arquiteto Daniel Oliveira. Projeto exposto na Anuária 2016. Classificação: 16. FAUP. For the unit Architectural Design Studio 2. 2015 – 2016. Supervising Professor: Arch. Daniel Oliveira. Grade 16 out of 20. O terreno quase plano no Campo 24 de Agosto é rodeado por casas tradicionais portuenses, do século XIX, e por um dos primeiros edifícios modernos da cidade, desenhado por Mário Bonito. A residência de estudantes é dividida em dois momentos: um volume baixo, que se relaciona com as casas existentes, e um paralelepípedo abstrato pousado sobre o primeiro, estabelecendo um diálogo com a textura urbana mais abrangente. Um volume paralelepipédico paira sobre a nova praça e permite a passagem de pessoas por baixo. O programa do edifício térreo (cantina, ginásio e galeria de arte) estabelece uma relação direta com o espaço público e usufrui de pátios interiores e chaminés de luz que proporcionam ar, luz natural e carácter aos espaços interiores. O paralelepípedo organiza--se numa série de apartamentos em duplex que se viram para a praça com uma sala com pé direito duplo, a Sul, e com os quartos, a Norte. The site is surrounded by traditional eighteen century houses and one of the first modernist buildings of the city designed by Mário Bonito. The student hall building is divided in two: the lowest volume relating to the existing houses and a pure and abstract parallelepiped that sits on top of it, dialoging with the surrounding urban texture. It hangs above a new public square and allows people to walk underneath. The interior spaces of the lower building (canteen, gymnasium and art gallery) are in direct contact with the public space and use interior courtyards and light chimneys to get natural air, light and character. The parallelepiped volume organizes all the student apartments.















habitação coletiva
collective housing


FAUP. 2016 – 2017. Para a disciplina Projeto 3. Professor: Arquiteto Helder Casal Ribeiro. Projeto exposto na Anuária 2017. Classificação: 18. FAUP. For the unit Architectural Design Studio 3. 2016 – 2017. Supervising Professor: Arch. Helder Casal Ribeiro. Grade 18 out of 20. Num distrito densamente habitado, na zona norte da cidade do Porto, existe o local de um antigo estádio de futebol – Estádio do Lima. A abertura de uma rua foi imposta pelo programa, requerendo uma intervenção específica e um diálogo com a heterogeneidade da malha urbana. A composição dos diferentes volumes pretende refletir a natureza diversa da envolvente. Um edifício destaca-se dos outros pela grande dimensão, onde foram explorados os limites de largura e profundidade: 80 x 24 metros, adquirindo uma forte presença na Rua da Alegria. As fachadas são tratadas não como paredes, mas como texturas pela disposição paralela de lâminas de betão. O edifício resultante é um sólido abstrato unificado por uma textura que reduz a perceção da sua altura. In a densely populated district in the Northside of Porto is the plot of a former soccer stadium (Estádio do Lima) on which the opening of a new road required a specific intervention dialoging with a heterogeneous urban pattern. The composition, set up of different volumes, intended to reflect the diverse nature of the urban surroundings. One big volume stands out from the others, exploring the limits of width and depth of the building (80x24 meters). The intended result was a strong presence in the neighborhood. The façades were treated not as walls but as textures using parallel and horizontal concrete slabs. The result was an abstract solid, unified by a texture that lowers the perception of its height.




































"casa de sonho"
"dream house"


Março 2017. Para a exposição de Hans Ulrich Obrist: DO IT. Projeto exposto no pavilhão de exposições da FBAUP, entre março e junho de 2017. For the Hans Ulrich Obrist Exhibition: DO IT. March 2017. Work exhibited in FBAUP (Porto Fine Arts University) between March and June 2017. A exposição para a qual o presente projeto foi desenvolvido (patente na FBAUP em 2017) foi baseada na ideia DO IT, de Hans Ulrich Obrist. Embora se pretendesse plena liberdade, o formato das folhas de papel permitido era de 75 x 75 a 500 x 500 milímetros, sendo exigida uma planta à escala 1:100. Compreendendo a importância das restrições como oportunidades de projeto, ao interpretar o programa, o tamanho máximo da habitação corresponderia a uma planta quadrada com 50 x 50 metros. A restrição encontrada tornou-se a ideia de projeto, dando forma à minha “Casa de Sonho”. As quatro divisões são organizadas em volta de um pátio circular, tangente ao perímetro da casa, onde a ordem geométrica é rígida pela falta de um contexto que justifique qualquer exceção na composição. The brief proposed the design of a dream house, with no program, client or place. Althow the brief stated that there was no restrictions, the allowed format of the paper sheet proposals was from 7,5x7,5 cm to 50x50 cm, and a 1:100 plan was mandatory. By the interpretation of the brief the maximum size allowed would be a square of 50x50 meters in plan, by using the largest paper size. This design constraint became the main design theme by dictating the perimeter of my “dream house”. The four rooms of the house are organized around a circular courtyrad tangent to the square of the outer perimeter.






cinema em campanhã
campanhã cinema


FAUP. 2017 – 2018. Para a disciplina Projeto 4. Professora: Arquiteta Raquel Paulino. Projeto exposto na Anuária 2018. Classificação: 18. FAUP. For the unit Architectural Design Studio 4. 2017 – 2018. Supervising Professor: Arch. Raquel Paulino. Work exhibited in Anuária 2018. Grade 18 out of 20. Campanhã é um distrito marcado sobretudo pela industrialização e por uma das maiores estações de comboios do país, dando vida e carácter ao local. A proposta rege-se por uma grelha abstrata clara, que regula todos os espaços do edifício. Quatro vigas de betão, aparentes pelo exterior do edifício, vencem um vão de 30 metros, permitindo uma radical continuidade visual e espacial no interior. A forma resultante, cuja simplicidade evoca a arquitetura industrial, pretende compreender a herança de Campanhã, onde fábricas e armazéns estão abandonados e em breve as suas ruínas desaparecerão.Campanhã, an oriental district of Porto is mainly an industrial area characterized by one of the biggest train stations in Portugal, giving life and character to this part of the city. The proposal is based on a clear and abstract grid that generates the plan and section of the building. Four concrete beams, apparent from the exterior, allow for an interior span of 35 meters, creating an introspective interior free of structural elements, allowing for a uninterrupted visual and spatial continuity. The resulting form of the building intends to evoque the industrial heritage of the place, portraying the near industrial buildings, where the space is the result of a logical and pragmatic composition.



























esfera soterrada
undergroung sphere


FAUP. Maio 2017. Para o Workshop Internacional I: Iinvisibility in Architecture – Exhibition in Public Garden. Tutor: Arquiteto Helder Casal Ribeiro. For the Internacional Workshop l: Invisibility in Architecture. May 2017. Tutor: Arch. Helder Casal Ribeiro. O presente Workshop Internacional pretende a exploração de temas focados no diálogo entre arte e arquitetura, com o Jardim das Virtudes como lugar de experimentação. A proposta consiste numa esfera oca, em betão, quase completamente enterrada num dos socalcos do jardim. A forma foi inspirada pelo significado simbólico das formas geométricas puras de Étienne-Louis Boullée e Claude Nicolas Ledoux. Ambas as entradas, escuras e apertadas, opõem-se à claridade e desafogo do espaço central. The present international design workshop aims to open a discussion focused on the dialogue between art and architecture, set in an historically multi-layered environment with specific urban landscape conditions, promoting the identity of place as a main design conductor. The design expresses a concrete hollow sphere underneath one of the many platforms of the Virtudes Garden, providing a space for silence, with no function. The design was inspired by the symbolic significance of the pure geometrical forms of Étienne-Louis Boullée and Claude Nicolas Ledoux. Both of the entries have a tomb like feeling followed by an opposing voided space.















pira viquingue
viking pyre


FAUP. Novembro 2017. Para o Workshop Internacional II: In-Between Margins: Evoking Douro´s Limits. Tutor: Arquiteto Helder Casal Ribeiro. For the Internacional Workshop ll: In-Between Margins – Evoking Douro´s Limits. November 2017. Tutor: Arch. Helder Casal Ribeiro. A interpretação do território, nas margens do rio Douro, motivou uma nova estrutura arquitetónica. A proposta consiste numa torre de madeira flutuante que se move ao longo do rio, interagindo com ambas as margens. Ao alterar a sua localização estabelece diferentes relações com a margem e edifícios envolventes, assim como o Teatro del Mondo. O processo construtivo determinou a forma: pranchas de madeira empilhadas em direções opostas, camada após camada, como no pátio de uma serração, evocando o passado industrial do local. Para comemorar a sua natureza efémera, no final da utilização a torre será queimada num espetáculo público e deixada a arder no rio, como uma Pira Viking. The (re)reading of the natural landscape motivated by the inclusion of a new architectural structure. The design consists of a floating wooden tower that moves along the Douro river interacting with its different margins. By changing its location, it establishes different relationships with the river banks and surrounding buildings, such as the Teatro del Mondo by Aldo Rossi. The method of construction determined the form: wooden boards stacked in opposing directions, layer on layer as is done in lumber yards, recalling the industrial past of the place. To commemorate the ephemeral nature of architecture, at the end of its life the tower is meant to be burned in a public spectacle, like a viking pyre.


















tradeston: limiar
tradeston: edge


MSA. 2018. Para a disciplina Architectural Design Studio 4. Professora: Arquiteta Sonia Browse. MSA. For the unit Architectural Design Studio 4. November 2018. Supervising Professor: Arch. Sonia Browse. Edge foi um exercício-relâmpago desenvolvido durante uma semana, interagindo com a estrutura de pedra que suporta o caminho de ferro – The Arches – uma barreira urbana que segrega o distrito da restante cidade. A proposta parte do pressuposto de que o espaço sob a linha do comboio nunca será completamente habitável devido à falta de luz, pelo que se propõe a sua destruição e a construção de uma estrutura idêntica, em betão, para o mesmo local. No novo edifício, a esbelteza dos pilares permite a acomodação de um parque de para 1000 automóveis, solucionando o problema de estacionamento do distrito, com a qualidade espacial de uma Sala Hipóstila. Uma praça e um edifício público ocupam o terraço sobre o caminho de ferro, agora num túnel. O terraço é acessível em múltiplos pontos chave, estabelecendo percursos diversos e complementares na cidade. O edifício público, como um hangar, permite qualquer tipo de evento, conferindo um novo significado ao lugar. The Edge was a fast response exercise desgined in one week, interacting with the The Arches, a stone structure that suports the railway next to the Glasgow Central Station and segregates the district of Tradeston from the rest of the city. The proposal aims to transform the urban barrier into a urban connection. The building occupies the place of The Arches, an intersting but comun structure, with no place in the contemporary city. The ground floor is a car park that evoques the hipostile room of a greek temple and the first floor is the tunnel for the train. On the terrace a public square and a public building with creates a new gathering point and an alternative route in the city, with multipulle strategic connection points.















stoa moderna
modern stoa


Lausanne. Março 2019. Para a competicão de estudantes internacional: Docexdoce Edition 3. Em parceria com Nuno Kercadio Sarmento. Lausanne. March 2019. For the International Students Competition Docexdoce Edition 3. In partnership with Nuno Kercadio Sarmento. March 2019. Um simples gesto é usado como forma de resolver os complexos problemas urbanos próximos da principal estação de comboios da cidade de Zurique (Zürich Hauptbahnhof). É proposto um edifício-ponte circular que paira sobre o rio Limmiat tocando o solo apenas em três pontos, onde as escadas rolantes e elevadores de acesso se localizam. O projeto não só promove a ligação entre a estação de comboios, a praça adjacente proposta e as margens do rio, como configura um espaço onde diversos acontecimentos públicos são possíveis. O forte carácter urbano e a grande adaptabilidade do espaço evocam uma Stoa Grega. A simple architectural narrative is used to solve the complex urban problems near zurich train station. The bridge floats above the limmat river, touching the city in three strategic places, where the access escalators are located. The proposed urban structure is at the same time a connection element and a place for different public happenings. The flexible range of uses are possible maintaining a strong urban character, just like the Greek Stoa. The steel truss and the big span define the character of the circular structure, alowing a 360 degree view over the city. At night the interior ilumination transforms the urban element in a ring of light.















centro de dança broomielaw
broomielaw dance centre


msa. 2018–2019. PARA A DISCIPLINA architectural design 4. tutor: Arquiteto stuart dickson. Classificação: 20 msa. 2018–2019. For the unit Architectural Design Studio 4. tutor: Architect stuart dickson. grade: 19 out of 20. O Broomielaw Dance Centre está localizado na última fronteira entre o distrito de Broomielaw, em Glasgow, e o rio Clyde. O rés-do-chão, onde se encontram três espaços performativos, estabelece uma relação de abertura e transparência com o espaço público, promovendo um diálogo intenso entre rio, cidade e dança. Num volume opaco, suspenso sobre as “caixas” de vidro do rés-do-chão, encontram-se os espaços administrativos, a cafetaria, a sala de ensaio e os camarins, com respetivas zonas de apoio. Este apoia-se apenas em quatro pilares, sendo que as vigas-parede em betão, com 11 metros de altura (e uma treliça metálica no interior), vencem um vão de 140 metros e dois balanços de 15. Como forma de relação com o passado histórico e construtivo da cidade o betão é vermelho, evocando a tradição construtiva em arenito da mesma cor, comum na cidade. A monumentalidade do Centro de Dança cria um novo sentido de lugar, oferecendo uma nova referência física e cultural num distrito essencialmente financeiro. The Dance Centre is located in the edge between the district of Broomielaw and the river Clyde, in Glasgow. The ground floor, where the three diferent performative spaces are located, is tranparent and permeable, seeting a dialog between city and river. An opaque parallelepiped sheters the glass boxes of the ground floor, supported in only four columns. The concrete wall–beams, 11 meters high, overcome a 140 meters span and two 15 meters cantilivers, evoking a floating heavy object. The size and monumentality of the Dance Centre creates a new sense of place and a cultural reference to the mainly financial district.















































casa deitada
lying down house


Glasgow. Abril 2019. Para a competicão de estudantes Arquia/Becas XX. Glasgow. For the International Students Competition Arquia/Becas XX. April 2019. O programa pedia uma casa discreta. A Casa “caiu” – talvez para ser mais discreta – mas a sua base ficou no sítio, parecendo o resultado da passagem de um furacão. A Casa não foi pensada para um sítio, encontrou-se o contexto na história da arquitetura, mais concretamente em obras como a Casa Invertida de Eduardo Souto de Moura ou a Casa em Leymen de Herzog & de Meuron, que repensam o arquétipo da Casa como problema formal. A Casa, de simples organização interna, é composta por sala, quarto e WC no rés-do-chão e um espaço de trabalho no primeiro andar. A Casa reinventa um arquétipo com ironia, marcando uma posição contra o uso acrítico do mesmo. A Casa subverte uma convenção e contraria o tradicionalismo nostálgico que só atrasa a arquitetura. The brief asked for a Discreet House and there was no site. Instead of finding a physical context, the main design idea was to explore a critical view of the house archetype, being the site secundary. The proposal plays with the traditional image of the house, just like a child would draw, in a satire againest the acritic use of the commun image. The inclined roof lost its functional argument with the structural inventions of the XX century, making now sense only as a form. By the fact that the house in “lying down” one could argue that it is more discreet, meeting the aim of the brief in an ironycal way.





















?
?


? ?